Os sete pecados capitais nos relacionamentos: Raiva


Conviver é difícil. Após algum tempo, inevitavelmente, não somos totalmente satisfeitos pelo outro.

Temos raiva se ele pensar ou agir distinto do que imaginamos, de querer diferente,

de olhar para outro ou dar mais importância à outra coisa que não nós mesmos,

de ficar bem sem a gente ou não adivinhar o que queremos e quando sabe não satisfazer nosso desejo.

Enfim temos raiva do outro ser o outro e não o que imaginamos ou planejamos.

Talvez a saída seja, em primeiro lugar, investir em estar satisfeito consigo mesmo.

Sendo assim, não existe um que complete o outro.

Existe a opção de praticar, se dispor, envolver e desenvolver duas novas pessoas através de um encontro mágico, se não for trágico...

Recomendamos para você